quarta-feira, 16 de março de 2016

O meu cúmulo de (im)piedade


Imagem retirada da Internet

... achar que mais vale carregar o meu sofrimento, do que carregar a culpa pelo sofrimento alheio.

BOM PRESSÁGIO: A vida está cheia de caminhos alternativos.

12 comentários:

Urban Cat disse...

Estás de volta!!!
Há tanto tempo que não vinha aqui...
Não sei porquê mas achei que tinhas fechado o tasco :/

Cadinho RoCo disse...

Há sempre um caminho aberto e disposto aos nossos passos.
Cadinho RoCo

Dear Daisy disse...

Mas será que o sofrimento alheio implica pesada culpa??
Um grande abraço my dear!

Jorge disse...

A menina está muito enigmática...

:)))

LionMaster disse...

Infelizmente a grande maioria das vezes acabamos por carregar as duas culpas...

Benedita disse...

Urban Cat
Pois que estou de volta e sim, tinha fechado o tasco. Mas sabes como é, a necessidade de escrever acaba sempre por emergir.
Mais giro é que o meu link para o teu tasco não estava a funcionar e depois é que e veio à memória que hoje uma alteração. Ainda bem que deste a cor de ti! :)
Depois passo teu cantinho.
Beijinhos

Cadinho Roco
Acredito que em certos momentos, somos nós que temos de abrir caminho...
Beijinhos

Dear Daisy
Será que o sofrimento alheio não é tão natural como o nosso?
Beijos querida

Jorge
A menina tem muitas perspectivas de si, dos outros, do mundo... :)
Beijos

LionMaster
É mesmo esse o cerne da questão.
Beijinhos






Gaja Maria disse...

Escolhas, sempre as escolhas, culpas, sempre as culpas. Caminhos alternativos serão sempre um opção. Beijinho

Benedita disse...

Gaja Maria
São mesmo. Mas até para entrarmos neles, pesa uma espécie de culpa...
Beijinhos

Marta Moura disse...

Concordo contigo, também sou assim!

Benedita disse...

Marta Moura
E que dura forma de ser...
Beijinhos

Sophie disse...

Sou igual. É horrível! Detesto ser assim.
Bom ler-te de novo!
Beijinhos

Green disse...

Verdade.